18.3.08

Mestre Janja: Refleções sobre a mulher na capoeira

Um trecho do ensaio, I Came Here to Play escrito por Mestre Janja e publicada na quinta edição de Caxixi, a revista literária da Capoeira Angola:
Talvez poucas pessoas tenham tido, como eu, o privilégio de acompanhar, participando, das conferências de mulheres capoeiristas organizados pela FICA…

Embora ainda não seja uma coisa comun na capoeira, ninguém poderá negar a persistência, a coragem, a dedicação e os modelos de organização que estas mulheres desenvolveram…

Entretanto, se o momento é de festa e celebração, não posso também deixar de lamentar a ausencia de tantas outras mulheres que por estas conferências passaram e não permaneceram na capoeira…

… (U)ma nova ética sexista se embrenha no discurso da tradição, confundindo, mascarando outros temas que muitas vezes nos empurram para disputas e guerras fratricidas, sem ao menos tenhamos condições de refletir que está na subalternizão da nossa condição de mulher a reinvenção de tradições capazes se pesar sobre nossos corpos e almas como mordaças, controlando nossas falas e condutas por estes rebaixamentos.

Estamos aqui para reafirmarmos nosso compromisso com a capoeira, e ao mesmo tempo dizer que estamos conscientes das muitas colaborações que temos emprendido para que a capoeira seja de fato um local em que a diversidade não seja apenas uma construção semántica, mas um compromisso político com a liberdade.

Viva a mulher capoeira!

2 comentários:

Anônimo disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Projetores, I hope you enjoy. The address is http://projetor-brasil.blogspot.com. A hug.

Capoeira disse...

Acredito na mulher presente na capoeira! Capoeira é o meu sonho! Meu pai machista não me deixa praticar... Mas estou decidida a lutar pelo meu sonho! Sou guerreira,sou capoeira! Gessica almeida 17 anos minas gerais Brasil Meu pai machista não me deixa praticar... Mas estou decidida a lutar pelo meu sonho! Sou guerreira,sou capoeira! Gessica almeida 17 anos minas gerais Brasil